fbpx
Escolha uma Página

Por mais amor que um caminhoneiro tenha por sua profissão, não é nada fácil trabalhar nas estradas brasileiras.

Essa lista foi elaborada conforme pesquisas da CNT no ano de 2017, portanto, você terá acesso a fotos e descrições das 5 piores estradas do Brasil. E é importante ressaltar que a pesquisa apontou que a sensação de que as estradas são ruins, não é falsa, infelizmente, 61,8%* das ruas são consideradas péssimas ou ruins. E para mostrar que a vida de caminhoneiro não é nada fácil, reunimos fotos das 5 piores estradas do Brasil.

5: Trecho entre Teresina, no Piauí, e Barreiras, na Bahia

Composto pelas federais BR-020, BR-135, BR-235 e BR-343 e pelas estaduais PI-140, PI-141 e PI-361. O trecho tem uma grande movimentação de veículos de carga e passageiros, o que torna ainda mais relevante a necessidade de reparos. Aliás, essas condições ruins estão contribuindo para o aumento do custo do transporte e dos fretes, já que os caminhoneiros não podem pagar essa conta sozinhos.

Foto: reprodução do site Planeta Caminhão

4: Trecho entre São Vicente do Sul e Santana do Livramento, Rio grande do Sul

Composto pela BR-158, RS-241 e RS-640. Ela está entre as piores pois possui falhas na geografia da pista que, em alguns locais, não possui acostamento, faixas adicionais e ainda conta com curvas acentuadas e perigosas. 

Foto: Maiara Bersch / Agencia RB, reprodução do site Gauchazh Geral

3: Trecho entre Marabá e Dom Eliseu, no Pará

O trecho está na rodovia BR-222 e conta com cerca de 300 Km e já foi considerado o campeão de problemas no ano de 2010. Com um tráfego intenso de caminhões e carretas, ela é um perigo a todos que passam por ali. Em vários locais, a vegetação impede que as placas de sinalização sejam vistas e os buracos chegam a cobrir toda a pista.

Foto: DIV, reprodução do site Estadão

2: Trecho entre Jataí e Piranhas, em Goiás

Na BR-158. Pode-se identificar problemas com pavimentação, muitos buracos e falta de sinalização e já foi considerada a segunda pior estrada de 2017.

Foto: reprodução do site Verde Vale

1: Trecho entre Natividade, no Tocantins, e Barreiras, na Bahia

O prêmio de pior estrada é o trecho composto pelas rodovias BA-460, BA-460/BR-242, TO-040 e TO-280, e tem 374 Km. Em sua extensão há a travessia de diversos rios, como o Rio São Francisco e a Ilha do Bananal, que durante os períodos chuvosos transborda e torna a estrada intransitável.

Foto: reprodução/Jornal da Manhã Bahia

E tendo em vista a situação precária dessas estradas, nós sugerimos dois textos do nosso blog com dicas de como seu bruto pode durar mais e alguns cuidados que você pode ter com seu bruto, e tipos de pneus adequados para cada estrada.

*Informações obtidas no Blog da Scania.

Você já passou por algum desses trechos? Conta pra gente nos comentários!

Share This